27 de jul de 2016

O que eu vou fazer da minha vida?


Koe, koe, koe!

Hoje é mais uma quarta com post de dicas-marotas!

As dicas de hoje são coisas para fazer em horários vagos, em dias de folga, nas férias, quando você quer se distrair de algo ruim que está acontecendo etc. Quando você quiser pegue essa listinha e veja se há algo nela que você queira tentar fazer (certifique-se de todos os itens).

A universidade que estudo esteve em greve, então eu sempre arrumo coisas a fazer que ocupem meu dia, minha mente, que me mantenham um ser pensante e se possível em movimento.


1) Algo útil e que faz bem para o psicológico.
Tente arrumar algo que já deveria ter arrumado há muito tempo. Sério, isso faz um super bem. Até para os bagunceiros! Quando a gente arruma algo externo parece que estamos arrumando internamente também. Não precisa fazer uma super arrumação de colocar tudo de cabeça para baixo. Use uns 15 minutinhos ou meia hora que será suficiente. Escolha um lugarzinho da sua sala, cozinha, quarto, ou outro cômodo e arrume um pouquinho.

2) Conhecimento.
Muitas pessoas depois que terminam os estudos param de aprender. Seja fim de ensino médio, faculdade, pós doutorado, o que for que tenha feito: não pare de aprender. Dizem que a vida é uma escola e é mesmo. Então esteja sempre exercitando sua mente para aprender. Procure mais sobre um assunto que você gosta ou algum que você nunca ouviu falar. Passe um tempo refletindo sobre o que você aprendeu nessa semana/mês. Sempre tem algo e quando você enxerga esse "algo" a sensação é gratificante.

3) Incite seu espírito de humanas.
Particularmente eu amo uma miçanga. Isso porque trabalhos manuais relaxam tanto. Procure um D.I.Y na internet e tente reproduzir. Existem pequenos projetinhos tão fáceis, baratos e super úteis. Daí você ganha algo novo, tem seus minutos de artista e ainda relaxa.

4) Alegre uma vidinha.
As semanas passam, a gente vai de um lado a outro pela casa e esquece do bichinho de estimação. Brinque com seu cachorro/gato por alguns minutos. Realmente se dedicando a alegrar aquela pequena vidinha que está na sua casa todos os dias. Se for necessário e o tempo for maior, dê banho nele, lave as vasilhinhas de água e comida. Esse é mais um item relaxante que ainda fez bem para o bichinho.

5) Escreva.
Sim agora estou vendendo o meu peixe. Amo escrever! Você pode fazer o mesmo sem tornar público. Tente escrever algo sobre o que você está sentido ou escreva uma carta. Você pode até apagar tudo no final, rasgar a carta. Isso dá a sensação de alívio quando sentimos algo ruim.

6) Meditação.
Sério, tente não pensar em nada por alguns minutos. Mas sem estresse! Sente-se confortavelmente e comece a relaxar o corpo. Para sua experiência ser melhor procure por dicas de meditação. Aviso: você não conseguirá de primeira, porém é algo bom para se experimentar. Você pode acabar gostando e fazer disso um hábito.

7) Seja clichê.
Reveja um filme antigo ou assista um novo, uma série, leia um livro e coisas clichês que também funcionam. São coisas comuns e bobas, mas que são sempre ótimas saídas. Se você estiver aprendendo uma língua nova, assistir um filme que já viu na língua que quer aprender é ainda melhor.

8) Transforme o ambiente.
Mude as coisas de lugar no seu quarto, ou o lugar que você mais usa da casa. Isso renova o ambiente, renova um pouco as energias, pode ficar melhor e mais bonito e assim acabar inspirando a fazer algo.

9) Procure pessoas.
Dê uma atenção especial a quem você gosta, mesmo que seja pela internet. Os dias passam e as conversas se tornam tão vazias, rápidas, sem muito conteúdo. Às vezes não falamos de como estamos, coisas do futuro, assuntos de verdade. E ter esses assuntos com as pessoas que gostam e se importam com você é sempre incrível.

10) Novos caminhos na internet.
Procure por novos sites, blogs, canais de youtube, bandas/cantores, coisas diferentes que você não conhece nem nunca ouviu falar. Vá em algum desses "caminhos" conhecidos e comece a olhar o que tem de relacionado com eles e conheça novos. Assim conhecerá mais pessoas, mais ideias para se distrair e enriquecer o seu conhecimento.

11) Crie listas
Criar listas de planos/metas/objetivos é mais uma forma de mudar os rumos do seu pensamento. Você parte de um caos total para a organização e calmaria. Listas ajudam-nos a organizar nosso pensamento. E vale fazer lista para tudo! Por exemplo se você quer fazer um festa pode fazer uma lista com tudo que irá precisar; convidados, comida, decoração etc. Se quiser comprar alguns itens; faça lista com eles colocando os valores aproximados que eles custam, quanto você precisará juntar para comprar, qual é a melhor época para comprar. Esses pequenos planos se tornam grandes planos a longo prazo. Sem falar que você pode criar listar motivacionais para metas internas. Pode criar listas das coisas que você já conquistou e fazer com que isso te inspire a criar mais metas.

12) Aprenda algo funcional.
Mais uma vez falo em aprender, mas dessa vez algo mais e utilizável no dia-a-dia. Seja um atalho no teclado do computador, cozinhar, costurar, dobrar um lençol de elástico, fazer pipoca sem óleo, etc. Algo que mesmo que seja pequeno te traga benefícios no seu cotidiano.

13) Faxina.
Já li pesquisas dizendo que limpar coisas acaba com o estresse. Sendo verdade ou não, tudo precisa ser limpo. Então dê aquela atenção a prateleira cheia de poeira que está gritando por um paninho úmido. Ou dependendo do tempo faça algo maior como lavar o banheiro.

14) Ajude quem te ajuda.
Faça algo pelas pessoas da sua casa. Pode ser ajudar os pais que não se dão muito bem com tecnologia, ajudar o irmão mais novos nos deveres da escola, guardar a roupa que secou, lavar a louça depois que alguém fez a janta, fazer a janta, pintar a unha da irmã mais velha que não tem muita habilidade, distrair seu avô ou tantas outras coisas possíveis. As pessoas que moram com você provavelmente são pessoas que você gosta, ainda mais se tratando de família. Elas costumam fazer muito por você, tente perceber, valorizar e retribuir isso.

15) Caminhe por ai.
Tome banho um banho, fique confortável e caminhe na rua um pouquinho sem destino mesmo. Só para observar as pessoas e pegar um arzinho. É um momento pra pensar em qualquer coisa, movimentando o corpinho e dando a você um tempo de paz. Para pessoas que  passamo muito tempo sentadas isso fara enorme diferença.

16) Não faça nada.
Muitas pessoas tem problema com isso. Nos tempos atuais parece que nós sempre temos que estar fazendo alguma coisa. Não é permitido pausar. E isso é ruim, ter um tempo parado, quietinho, fazendo um bom e verdadeiro nada, é ótimo. Quem sabe você até durma um pouquinho? Faça o que te der vontade e se o nada for a vontade de hoje, faça-o! Só não perca a vida fazendo nada todo dia.