12 de jun de 2016

Vai continuar dando certo


Ficamos meses preparando tudo isso. Só consegui fazer tudo do jeito perfeito porquê ele estava comigo.


Embora eu nunca tenha me imaginada nessa situação. Provando bolos, escolhendo doces e arranjos? Não nunca. Eu pensava em passar o resto da minha vida indo trabalhar no escritório de um chefe que não dava a mínima para o meu trabalho, saindo seis horas da tarde (ou noite, nunca sei bem) e voltando para casa. Voltando para alguma série ou filme que ficou pela metade. Uma vida sem muitas aventuras, mas nunca fui frustrada por isso. Eu gostava, eu estava acostumada.

Quando ele chegou (na verdade voltou) na minha vida, mais ou menos uns 5 anos atrás, as coisas foram começando a mudar. Sempre vi nosso relacionamento com "bom demais pra ser verdade". Ele era um cara gentil, romântico sem ser meloso, apoiava as minhas ideias (mesmo que fossem muito doidas), me incentivava a mudar de emprego, fazer algo que eu gostasse de verdade. Não havia cobranças, ciumes e brigas por motivos bobos. Sinceramente eu acho que merecia um cara assim. Não fui uma filha ruim, nem uma irmã ruim, nem uma amiga ruim, nem aluna ruim, nada ruim. Talvez para o meu ex eu tenha sido ruim, mas isso do ponto de vista DELE.


Depois de tudo medido, ensaiado, combinado, estudado e enfim perfeito. Não, ainda sim não consegui relaxar. Meu medo de ser feliz era tanto que eu esperava que algo ainda fosse dar errado.

-Os votos. -Eu ouvi dizer.

-Boa tarde convidados. Espero que vocês tenham uma boa grana guardada na carteira, afinal essa festa custou caro e eu estou passando um calor nessa roupa. Mariana não me deixou usar bermudas, pois é! -Ele me olhou e piscou. - Espero que não me humilhe com os seus votos -ele disse baixinho fora do microfone.
Pigarreou.
-Enfim o dia tão esperado chegou hein. Ainda bem que você está viva, mesmo após ter crises de ansiedade e ter pedido para medirem sua pressão duas vezes. -Eu ri e todos que estavam sentados nos observando também.- Pesquisei muitos votos de casamento na internet, porque eu não queria fazer feio. Percebi que não tem regra, eu só preciso ser sincero. E sendo sincero, peço que você entenda que eu só serei romântico às vezes. Mesmo que eu tente muito ser diferente, não vou lavar a louça de noite quando a água estiver fria. -Riu e balançou a cabeça. -Eu posso dizer que te conheci duas vezes. Aquela menininha animada que jogava bola na rua e depois a mulher mais séria do mundo, usando óculos e blazer na balada. Hoje em dia você consegue ser as duas, acho que ajudei. Prometo que vou ser seu amigo antes de tudo. E mesmo nos seus dias de TPM eu prometo te amar, com um pouco de distância e jogando alguns chocolates na sua cara. Mas eu vou, e quero, te amar pra sempre. Desde aquele dia que nos esbarramos naquela balada, que por acaso já faliu, eu soube que precisava te ver de novo. Gosto de desafios e te conquistar foi um dos maiores que eu já enfrentei, valeu a pena! Sei que você me fará feliz pra sempre.
Te amo. -Sorriu.

ESTOU NERVOSA!

-Estou nervosa. Juro que imaginei essa cena diferente. Sabe sem tremer e achar que vou desmaiar. -Ele riu. -Mas tudo bem.
Em tudo que eu escrevo pra você, digo que foi um presente tê-lo em minha vida. Hoje não poderia fazer diferente. Sempre tive dificuldade em encontrar pessoas que me entendessem e que soubessem lidar com o meu jeitinho -ele sorriu de novo- todo especial. -Eu sorri agora. -Você não teve problemas com isso. Como se já me conhecesse há um milhão de anos. Nunca precisei me explicar, porque você entedia. Eu sabia que não podia te perder, por isso fui eu quem fez o pedido de casamento. -Ouvi risadas do pessoal. -Ter encontrado você em um dia que eu nem queria sair de casa me fez ver que as vezes o universo pode sim conspirar a nosso favor. Algo tão maravilhoso não aconteceria sem ser planejado.
Engraçado você ter prometido algumas coisas. Eu só vou prometer uma: nunca mais cozinharei. Acho que isso já vai te deixar tranquilo para o resto dos seus dias. -Ele riu de novo e um lágrima se formou.
Por toda minha vida eu me acostumei com as coisas. Fossem elas boas ou ruins. Por toda a minha vida eu fui só metade de quem eu era. A outra metade ficou guardada esperando você chegar. Obrigada por me tornar completa e mais ainda por me aceitar. Como eu já disse outras vezes: depois do casamento a gente só se separa pelo caixão e ainda assim eu quero o nosso pertinho um do outro.
Eu te amo meu amor.

Nos beijamos e enfim eu relaxei. Deu tudo certo. Vai continuar dando tudo certo, não preciso mais ter medo.