9 de mai de 2016

Ninguém aguentaria viver sempre feliz


Mesmo que algumas pessoas insistam em dizer que não, existem sim as coisas aceitas pela sociedade e as que não são. É algo que vai mudar? Não sei, mas espero que sim. Além das mulheres de mini saia, gordos, negros, cabelo não-liso e tantos outros exemplos que poderiam ser citados, eu vim falar de sentimentos.

A tristeza não é aceita pela sociedade. Eu até li uma pesquisa sobre isso dizia que "pessoas tristes não conseguiram o que queriam" pelo menos para aqueles que responderam a pesquisa. Claro que podemos discordar. Uma pessoa pode estar triste porque fracassou, mas também porque perdeu alguém, sofreu um acidente, magoou alguém que ama, não pode ajudar quem precisava, comeu de menos na festinha infantil do último final de semana. Como dizem os filósofos "mil tretas".

Por vezes eu acreditei nessa premissa, escondia minhas lágrimas como se aquilo fosse um crime. Mas e a raiva? Algumas pessoas se descontrolam quando estão com raiva, não dá pra esconder. Eu sou desse tipo (ou pelo menos era). Não importa o que façamos, vamos sentir o que tivermos de sentir. Esconder isso é algo desnecessário, mas que alguns humanos cismam ser o correto. Ser forte não é ser sem sentimentos, na verdade isso é estar morto.

Claro que não incentivo mais ódio e raiva no mundo. NÃO! Eu desejo que as pessoas sejam felizes pra não fazer mal ao outro, não prejudicar ninguém e viver em paz. Imagina se mexem com seu/sua namorado/a? Tudo bem, tem gente que pode até não sentir ciume. Mas aquela raivinha vai dar. Você pode até não fazer nada, não falar nada, ficar só com a vontade de esganar. Porém você sentiu o que foi viver aquele momento. Exatamente igual como quando sentiu a feliz de conseguir algo que desejava. Errado seria não sentir.

Não é sinal de fraqueza chorar, nem admitir tristeza por algo. Muito menos é errado assumir um fracasso próprio. É melhor falar e superar, assim é possível seguir em frente e tentar de novo. Contorcer-se de raiva não te faz mau e cruel. Só não devemos agir com esse sentimento, pois ele realmente ajuda a causar grandes estragos. Então sinta sim tudo que tiver que sentir. Mas seja alegria, medo, raiva ou felicidade pense bem o que vai fazer enquanto está "possuído" por essas sensações. Seus atos é quem fazem a fama de que existem sentimentos ruins. Um vem para o outro ser valorizado, ninguém aguentaria viver sempre feliz. Sentir é bom, sentir é estar vivo. O errado é não sentir.